Contracapa
Ver Interior

Tenho medo de ir à escola

Recorrendo a casos reais, Tânia Paias apresenta neste livro respostas concretas às dúvidas que assaltam pais, educadores e os próprios jovens. Não podemos fechar os olhos a este fenómeno. É preciso atuar.

16.00

ISBN: 978-989-626-516-8 Categoria:

«Não é uma brincadeira. Não é uma boca para o ar. É uma repetição, uma rotina. (…) Apesar de nunca me terem batido, chegaram a agarrar-me com força e a ameaçar‑me. Não havia nada que eu pudesse fazer, só tinha de aguentar, dizia para mim. Eu nunca quis que se soubesse… Tinha vergonha. Era uma humilhação. Eu tinha medo que tudo ficasse pior do que já estava.»

Jessica B., vítima de bullying, in Prólogo

Como educar os nossos filhos para se tornem crianças seguras, resilientes e confiantes? Como treinar o seu olhar para a diferença e para a tolerância pelo outro? Estes são os primeiros passos para que o seu filho não se torne nem vítima nem agressor. E não, não acontece só aos outros. Em Portugal as estatísticas revelam que cerca de 40 por cento dos nossos jovens já se envolveu em alguma dinâmica bullying, tanto no papel de vítima, como de agressor. Mas afinal o que é o bullying? A psicóloga Tânia Paias, especialista neste tema e fundadora do Portal Bullying, explica: é um fenómeno de violência na escola que se traduz em comportamentos agressivos, intencionais e repetitivos, levados a cabo por um ou mais alunos contra outro. Não é um fenómeno de hoje, e as novas tecnologias de informação e a Internet abriram caminho a um outro tipo de violência que já não se passa apenas no recinto escolar, mas sim através de mensagens instantâneas ou por e-mail: o cyberbulling.

Enquanto pais e educadores devemos estar atentos aos sinais:

– O meu filho não quer ir à escola e não consigo que me diga porquê. Ele que me contava tudo agora fecha-se no quarto, isola-se…

– A minha filha anda tão calada e com um olhar tão triste, mas não me conta o que tem.

– Ele era um ótimo aluno e de repente as notas dele vieram por ali abaixo…

– O meu filho, que sempre foi tão calmo, agora tem ataques de fúria.

– Desconfio que um dos meus alunos ameaça os outros, como devo atuar para pôr fim a esta situação?

– Apanhei uma mensagem no telemóvel da minha filha que dizia: «Odeio-te.» Confrontei-a e ela contou-me que recebe mensagens destas várias vezes por dia…

– Fui novamente chamado à escola porque o meu filho bate num colega repetidas vezes. Onde errei na sua educação?

Recorrendo a casos reais, Tânia Paias apresenta neste livro respostas concretas às dúvidas que assaltam pais, educadores e os próprios jovens. Não podemos fechar os olhos a este fenómeno. É preciso atuar.

Número de páginas

228

Autor

Tânia Paias

Editor

A Esfera do Livros