Contracapa
Ver Interior

Por que é que as bailarinas não ficam com a cabeça a andar à roda?

Porque temos às vezes sensações de déjà vu? E por que é que há pessoas que ouvem sons às cores? Por que é tão difícil deixar de fumar? Ou o que é a inteligência? O elo comum a estas perguntas e a todas as que vai encontrar neste livro – é o nosso cérebro. As perguntas estão aí, com as suas respostas.

14.50

ISBN: 978-989-626-824-4 Categoria: Etiquetas: , , , ,

Porque temos às vezes sensações de déjà vu? E por que é que há pessoas que ouvem sons às cores? Por que é tão difícil deixar de fumar? Ou o que é a inteligência? O elo comum a estas perguntas e a todas as que vai encontrar neste livro – e às respectivas respostas – é o nosso cérebro. É dele, dos seus cerca de 85 mil milhões de neurónios, mais de cem mil milhões de outras células e dos muitos biliões de conexões que se estabelecem entre elas, que emanam as explicações para todos os nossos comportamentos, gostos, humores e emoções. Ou não fosse o cérebro a sede de tudo o que somos, percebemos, inventamos ou criamos. É sobre isso este livro das jornalistas Filomena Naves e Teresa Firmino: sobre essa complexidade que faz de nós o que somos, e que nos é desvendada pela ciência através dos muitos estudos feitos por neurocientistas de todo o mundo, incluindo de Portugal. As perguntas estão aí, com as suas respostas. Em muitos casos, elas são ainda provisórias, incompletas, mas a ciência e o conhecimento são mesmo assim: nascem de um processo de construção permanente, que nunca está verdadeiramente terminado.

Data de Publicação

maio 2017

Número de páginas

240

Autor

Filomena Naves,

Teresa Firmino